Resenha – A Metamorfose – Franz Kafka

Oi gente, tudo bem com vocês? A resenha de hoje é sobre um clássico da Literatura Universal.

resenha-a-metamorfose-frank-kafka

ISBN: 978-85-7164-685-8 | Ano: 1997 | Editora: Companhia das Letras | Páginas: 96
Skoob

Compre: Amazon Submarino

Sinopse: A Metamorfose é a mais célebre novela de Franz Kafka e uma das mais importantes de toda a história da literatura. Sem a menor cerimônia, o texto coloca o leitor diante de um caixeiro viajante – o famoso Gregor Samsa – transformado em inseto monstruoso. A partir daí, a história é narrada com um realismo inesperado que associa o inverossímil e o senso de humor ao que é trágico, grotesco e cruel na condição humana – tudo no estilo transparente e perfeito desse mestre inconfundível da ficção universal.

Essa é a história de Gregor Samsa, um jovem caixeiro viajante que sustenta sua família composta pelo pai, a mãe e por uma irmã mais nova.
Certo dia ao acordar Gregor se vê transformado em um horroroso inseto. Diante disso, sua maior preocupação é por estar atrasado para o trabalho.
“— Pai do céu! – pensou. Eram seis e meia e os ponteiros avançavam calmamente, passava até da meia hora, já se aproximava de um quarto. […] E agora, o que deveria fazer? O próximo trem partia às sete horas; para alcançá-lo precisaria se apressar como louco, o mostruário ainda não estava na mala e ele próprio não se sentia de modo algum particularmente disposto e ágil. (pág. 09 e 10)

Ao descobrir o ocorrido, a família de Gregor passa a repudiá-lo, sem ao menos tentar descobrir como aquilo aconteceu e acaba por deixá-lo preso no quarto, longe do convívio familiar. E assim, apenas a irmã se dispõe a servir a comida e fazer a limpeza do seu quarto. No entanto, com o passar do tempo isso também será deixado de lado.

Um fato interessante da narrativa é que a “metamorfose” ocorre não apenas com Gregor, mas também com toda a família, pois diante de sua incapacidade de trabalhar, todos os outros integrantes viram-se diante da necessidade de buscar o seu próprio sustento. Além disso, a família aluga um quarto da casa para complementar a renda.

No decorrer da história o leitor irá acompanhar todo o sofrimento e rejeição sofridos por Gregor e assim conhecerá o desenlace da sua história.
A Metamorfose é uma novela que foi escrita em 1912 e publicada em 1915. A história escrita por Franz Kafka nos traz questionamentos que ainda hoje permeiam a nossa sociedade, como a solidão e a exclusão vivenciada pelo protagonista, a impotência do ser humano diante de fatos que fogem ao seu controle.
Trata-se de um clássico que nos leva a refletir sobre diversos temas do mundo contemporâneo.

E vocês já conhecem esse clássico da Literatura?

Espero que gostem da resenha. Deixem os comentários!

Siga o blog nas redes sociais:

Siga o blog nas redes sociais!

Facebook  ❤  Twitter ❤ Google+ ❤ Instagram ❤ Pinterest

Anúncios

8 comentários em “Resenha – A Metamorfose – Franz Kafka

  1. Kafka é um excelente autor. O livro dele remete bem a visão Nietzschiana (referência ao filósofo alemão Friedrich Nietzsche) da “Decadence” que o mundo contemporâneo convive através do isolamento por Dogmas e pragmas que insistem em habitar em nosso contexto, mas que não se sustentam de forma alguma.

    Curtido por 1 pessoa

  2. “Não era um sonho. Seu quarto, um autêntico quarto humano, só que um pouco pequeno demais, permanecia calmo entre as quatro paredes bem conhecidas”… sempre que leio esse trecho do senhor Kafka, penso que ele citou quatro paredes em referência linear as patas no lugar das mãos e também dos pés e o humano a espiar-se na condição nova e refém do próprio asco. rs

    Gosto imenso desse livro
    bacio

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s