Resenha – A mala de Hana – Karen Levine

Oi gente, tudo bem?  Vocês já devem ter percebido que as histórias sobre o Holocausto são temas recorrentes aqui no blog. Livros como A Menina que Roubava livros, A Bibliotecária de Auschwitz são alguns dos quais eu gosto muito e já resenhei aqui. E hoje eu vou falar desse livro da Karen Levine que eu li recentemente.

A_MALA_DE_HANA_

Título: A mala de Hana
Autora: Karen Levine
Ano: 2007
Editora: Melhoramentos
Número de páginas: 112
Skoob: adicione

Leia o primeiro capítulo na Amazon

Sinopse: A mala de Hana é um retrato singelo, mas mostra como era cruel a vida das crianças submetidas ao Holocausto. A história se desenrola em três continentes durante um período de quase setenta anos. Envolve a experiência da garotinha Hana e de sua família na Tchecoslováquia (atual República Tcheca), nas décadas de 1930 e 40: e uma jovem e um grupo de crianças em Tóquio, no Japão: e um homem em Toronto, no Canadá, nos dias de hoje. Um relato que vai sensibilizar a todos, para que horrores semelhantes ao que atingiu Hana e outros inocentes nunca voltem a acontecer.

Hana, uma menina judia que vivia com sua família na cidade de Nove Mesto, Tchecoslováquia antes de Hitler e os nazistas tomarem a cidade durante a Segunda Guerra Mundial. Ela e seu irmão George sempre brincavam juntos andando de triciclo, construindo forte na neve ou esquiando. Mas, o que Hana mais gostava mesmo era de patinar.

A família Brady costumava abrir a casa para artistas de todos os tipos: músicos, pintores, poetas, escultores e atores. Quando estes ficavam com fome, sempre havia um prato quentinho, preparado por Boshka, a empregada e cozinheira da família.

A outra história é sobre Fumiko Ishioka, diretora de um pequeno museu chamado Centro do Holocausto em Tóquio. Ela se dedicava a ensinar as crianças japonesas sobre o Holocausto. Para isto, ela entrou em contato com museus de vários países, solicitando objetos daquela época.

Após algum tempo, Fumiko recebe uma mala, na qual estava escrito o nome “Hanna”, uma data e a palavra Waisenkind (que em alemão significa órfã). Esse objeto deixou todas as crianças com enorme curiosidade e elas queriam logo saber quem era Hana, como ela era, onde viveu, etc.

A-MALA-DE-HANA-ATRAIDOS-PELA-LEITURA

Para encontrar respostas pra todas aquelas perguntas Fumiko Ishioka decide fazer uma busca que a leva 70 anos atrás. Com isso, ela descobre que Hana perdeu sua família durante a guerra, que primeiro a Gestapo levou sua mãe, logo após seu pai, entretanto, seu irmão George sobreviveu aos campos de concentração nazista. E assim, Fumiko viaja para a Europa e depois vai até o Canadá ao encontro de George para saber mais a repeito da dona da mala.

A narrativa é em terceira pessoa, com um pouco de suspense e muita emoção, prendendo a atenção do leitor que vibra a cada descoberta de Fumiko.
Quando criança, Hana queria ser professora e de alguma maneira ela conseguiu levar conhecimento à várias crianças do mundo todo.

É um livro pequeno, com apenas vinte e oito microcapítulos, porém com grandes histórias de vida, coragem, persistência e determinação das protagonistas.
Venha se emocionar com essa história!

Siga o blog nas redes sociais!

Facebook  ❤  Twitter ❤ Google+ ❤ Instagram ❤ Pinterest

Anúncios

4 comentários sobre “Resenha – A mala de Hana – Karen Levine

  1. Amei sua resenha e fiquei super interessada no livro. Você que gosta de histórias que envolvem a Segunda Guerra Mundial acho que irá amar o livro A Sociedade Literária e a Torta da Casca de Batata. Conta uma história ficcional que se passa na década de 40 com os sobreviventes da II Guerra Mundial numa das ilhas pertencentes a Inglaterra. E o livro todo é narrado através de cartas. S2 Bjos!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s