Resenha: Medieval- Contos de uma Era Fantástica

A  resenha de hoje é sobre esse livro de contos de autores nacionais lançado pela Editora Draco. É um ótimo livro.

 

ISBN: 978-85-8243-101-6
Ano:
2016
Editora:
Draco
Páginas:
232
Skoob:
adicione
Compre:
AmazonSubmarinoBuscapé

A Idade Média é um período da história da Europa que se estende do século  V até o século XV e tem servido de inspiração para autores do mundo todo. No Brasil, a Editora Draco lançou uma coletânea de contos escritos por autores nacionais, em sua maioria ambientados na Europa do período medieval, dois na China e um no Japão Feudal.

A Antologia é organizada por Ana Lúcia Merege e Eduardo Kasse, os quais também tem seus contos publicados nessa coletânea. Ao todo são nove contos que abordam o elemento fantástico, o misticismo, a religiosidade e todo esse mundo de fantasia e mistério que permeia o período medieval.

Eu gostei de todos os contos, porém os que conseguiram realmente me cativar foram três e eu vou falar um pouquinho sobre cada um deles. 

Erva Daninha – Melissa de Sá: Nesse conto, vamos conhecer a história de Pierre, um soldado que vai lutar nas Cruzadas buscando se redimir do que julga ser um enorme pecado que ele cometeu. Em Veneza, Pierre conhece a jovem Agnes que o envolverá em um mundo de mistérios e fantasias.

Foi a primeira vez que li algo escrito pela Melissa de Sá e posso afirmar que adorei a forma como ela escreve e apresenta os seus personagens. O conto é narrado em primeira pessoa, com uma linguagem simples e de fácil compreensão. A autora possui uma escrita envolvente que cativa o leitor do início ao fim da narrativa. 

A Clareira Mágica – Roberto de Sousa Causo: Narra a história de Diogo Sardo, um guerreiro ferido em batalha que durante um banquete conhece uma mulher misteriosa que o leva até uma clareira. Alguns fatos evidenciam tratar-se de um ser místico. Logo depois, essa mesma mulher é acusada de bruxaria e Diogo irá fazer de tudo para salvá-la da condenação. 

“Também ele estendeu seu manto sobre a grama, ao lado do manto de Anabel, e os dois se deitaram quietos, fitando-se como verem -se pela primeira vez – ou da unica maneira que em verdade importava.”

A narrativa desse conto é em terceira pessoa, com um ritmo agradável, uma linguagem direta, personagens bem construídos e um belo enredo.

O Grande Livro de Fogo – Ana Lúcia Merege: Nesse conto, somos apresentados a três importantes personagens: Khadija, uma jovem ambiciosa, Mustafá um fabricante de tapetes e Walid, um rico comerciante.

Quando Khadija ouve uma história afirmando que toda a fortuna do comerciante Walid foi conquistada por através do jinn que ele possui dento de uma garrafa, a jovem logo desenvolve um plano para colocar as mãos nesse ser mágico e conseguir realizar o sonho de possuir muita riqueza. Porém, o plano não sai como o esperado e os três são transportados para o mundo dos jinns, onde deverão enfrentar grandes desafios para preservarem suas vidas e encontrar o Grande Livro de Fogo.

Este conto é narrado em terceira pessoa. A autora conseguiu construir uma história inovadora a partir de uma temática já bastante usual. 

A obra resenhada é um ebook que foi baixado no site da Amazon, porém ainda pretendo adquirir o livro físico, pois ele possui uma capa linda, além de um lindo trabalho gráfico.

Siga o blog nas redes sociais!

Facebook  ❤  Twitter  ❤  Google+  ❤ Instagram  ❤  Pinterest

Anúncios

7 comentários em “Resenha: Medieval- Contos de uma Era Fantástica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s