Resenha – A Noiva do Barão

Já comentei por aqui que faz um tempinho que eu não conseguia concluir nenhum livro. Mas no último final de semana essa ressaca literária teve fim. No sábado iniciei a leitura do romance A Noiva do Barão, que recebi em parceria com a Ler Editorial. Em menos de vinte e quatro horas eu havia terminado o livro.

Resenha A noiva do barãoISBN-10: 8568925596 | Ano: 2018 | Páginas: 204 | Editora: Ler Editorial 
Skoob: adicione
|Compre aqui e colabore com o blog.

*Ebook recebido em parceria com a editora

A Noiva do Barão faz parte da série Família Davon e apesar de sempre comentar aqui que não curto livros em série, as histórias presentes nestes livros não te obrigam a lê-los em ordem. Eu li primeiro A Rosa Selvagem e gostei muito da escrita da autora Simone O. Marques, então, quando a editora disponibilizou A Noiva do Barão, que é o volume um, não pensei duas vezes em solicitar para ler.

Mesmo sendo uma série, o segundo livro não dá muito spoiler do primeiro e dá pra ler tranquilamente fora da ordem. O terceiro livro da série eu ainda não li, mas já estou com ele no meu kindle para ler o mais breve possível.

A Noiva do Barão vai contar a história de Lisbeth, uma garota que fica órfã de mãe logo após o nascimento e se vê rejeitada pelo pai que a culpa pela perda da esposa. Ela ficou aos cuidados de ama, Nina.

Seu pai, Joseph Phillips, o barão de D’Tanis foi um dos nobres que conspiraram contra o rei anterior e como punição se tornou vassalo do barão William Davon. Assim, como forma de melhorar sua situação perante o rei, o barão D’Tanis oferece sua filha em casamento ao barão Davon.

Diante disso, William não teve escolha a não ser aceitar o casamento. No entanto, o rei Eduardo solicitava a presença do barão Davon imediatamente deixando-o impossibilitado de ir buscar sua noiva. Fato este, que o fez colocar seu irmão Robert Davon, chefe da guarda, para realizar esta importante missão.

O encontro de Robert com a futura esposa de William foi uma cena bastante carregada de emoção e desse momento em diante Robert se sentiu atraído por aquela jovem de cabelos vermelhos que ele nem imaginava se tratar da futura esposa do seu irmão.

Após vários acontecimentos na propriedade do barão D’Tanis,  Lisie parte para encontrar seu futuro marido, mas devido a um acidente que deixou um ferimento em seu braço e uma grande nevasca que atingiu a região, os viajantes precisaram atrasar a viagem e ficaram hospedados na propriedade de Robert. Vale dizer que, por esses dias os dois já haviam se conhecido bem mais e um grande sentimento tomou conta de ambos.

Você já deve imaginar o grande problema que eles tinham que enfrentar: como Robert iria revelar ao barão William Davon que acabara se apaixonando pela futura baronesa Davon? William perdoaria tamanha traição? Mesmo que perdoasse, todos deveriam prestar esclarecimentos ao rei Eduardo, o que culminaria em uma terrível punição.

Saiba mais sobre A Rosa Selvagem no post: 3 romances de época que você precisa ler.

Gostei muito de realizar essa leitura, a escrita da autora é bastante fluida o que fez com que eu lesse o livro todo em apenas dois dias. Me senti bem envolvida pela história que trata-se de um romance de época com personagens que conseguem conquistar o leitor.

O barão William Davon, apesar de inicialmente ter a fama de ser um homem rude que maltrata mulheres, ao longo da trama vai se revelando um personagem um tanto controverso e mostra como uma pessoa se utiliza de alguns rótulos para esconder seus verdadeiros sentimentos.

Robert Davon, irmão mais novo de William é um soldado treinado para as batalhas, no entanto prefere cultivar uvas e produzir o melhor vinho da região. Um homem que sofreu muito ao ver a mãe definhar até morrer devido aos maus tratos causados pelo próprio marido.

Lisie, no início acredita que jamais conseguirá ser feliz e já está conformada com o menosprezo e descaso da família. No entanto, no decorrer da trama ela percebe que existe uma nova forma de viver e ser feliz e se mostra uma mulher forte e corajosa que não mede esforços para alcançar a tão esperada felicidade.

A história é ambientada no século XIV, na Inglaterra o que leva o leitor a fazer uma viagem pelos castelos e conhecer um pouco mais dos costumes daquele período. Eu amei conhecer mais essa história escrita pela Simone O. Marques e recomendo para quem curte uma bom romance.

Comente aí se você se interessou por esta história e qual o seu romance de época favorito.

2 comentários em “Resenha – A Noiva do Barão

Deixe uma resposta para Isa Ueda Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.