Resenha – Sono – Haruki Murakami

A resenha de hoje é sobre um conto do autor japonês Haruki Murakami. É a primeira obra que leio desse autor e espero ler mais, pois a escrita dele é  bem envolvente.

SONO

Autor: Haruki Murakami
Ano: 2015
Editora: Alfaguara
Compre: Amazon
Skoob: adicione

Sinopse: “É o décimo sétimo dia que não consigo dormir.” 
Ela era uma mulher com uma vida normal. Tinha um marido normal. Um filho normal. Ela até podia detectar algumas fissuras nessa vida aparentemente perfeita, mas nunca chegou a pensar seriamente nelas. Até o dia em que deixou de dormir. Então, o mundo se revelou. Um mundo duplo de sombras e silêncio; um mundo onde nada é o que parece. E onde ela não pode mais fechar os olhos. Sono é um conto de Murakami inédito no Brasil, com ilustrações de Kat Menschik.

Estou há dezessete dias sem dormir. Foram dezessete dias e dezessete noites. Um período muito longo. Hoje já não consigo mais me lembrar direito de como era a sensação de ter sono e dormir.

O conto Sono narra a história de uma mulher que tem uma vida bastante comum. Casada, mãe de um filho pequeno, cuida da casa enquanto seu marido que é dentista sai todos os dias para trabalhar. Porém, sua rotina muda após um pesadelo que ela tem com um velho todo vestido de preto que rega seus pés com um regador. A partir desse episódio ela passa a não sentir mais sono.

“Isso não é um sonho”, pensei. Eu já estava acordada. E o despertar não fora tranquilo, pois fui praticamente forçada a isso, num sobressalto. Mas eu não estava sonhando. Aquilo era a realidade.

No início ela fica bastante animada por não sentir necessidade de dormir e aproveita essas “horas extras” para ler. Era algo que ela gostava muito na adolescência e que havia deixado de lado após o casamento. À noite ela lia muito, principalmente livros volumosos como Anna Karenina.

Ao contrário do que acontecia com a personagem, seu marido e filho tinha o sono profundo e não percebiam o que estava acontecendo. Então ela saía à noite para refletir sobre o que estava acontecendo e com isso passou a se questionar sobre o seu casamento, sua relação com o filho, a morte, suas escolhas e sua própria vida.

A história é narrada em 1ª pessoa e traz um final surpreendente. O autor deixa algumas questões para o próprio leitor buscar as respostas. É um texto que desperta muita reflexão. 

Sobre o autor:

haruki murakamiHaruki Murakami (村上春樹 Murakami Haruki, nascido em 12 de Janeiro de 1949), em Quioto, Japão, é um popular escritor e tradutor. Frequentou a Universidade de Waseda, em Tóquio, dedicando-se sobretudo aos estudos teatrais. Antes de terminar o curso, abriu um bar de jazz chamado Peter Cat, à frente do qual se manteve entre 1974 e 1982.

Em 1986, partiu para a Europa e depois para os EUA, onde acabaria por se fixar.

Escreveu o seu primeiro romance – Hear the Wind Swing – em 1979, livro ainda não traduzido para português, mas seria em 1987, com Norwegian Wood, que o seu nome se tornaria famoso no Japão. Escritor particularmente influenciado pela cultura ocidental, Murakami traduziu para o japonês obras de F. Scott Fitzgerald, Truman Capote, John Irving e Raymond Carver.

Fonte

Resenha- Estio – Vauline Gonçalves

Olá, queridos leitores! Tudo bem com vocês? A resenha de hoje é sobre o livro Estio da autora Vauline Gonçalves. A literatura nacional contemporânea não é muito divulgada aqui no blog, pois, não fazia parte das minhas leituras. Confesso que me surpreendi com este livro.

estio

Sinopse: Triana não buscava amor, apenas paz. Antônio não esperava paixão, apenas diversão.
Uma relação absolutamente improvável, construída sob conveniências, tem todos os requisitos para o fracasso. Somente quando orgulho e o medo derem lugar às possibilidades, a tempestade também dará lugar ao estio. Conheça essa história que agrega luxúria e força à mais doce delicadeza. Ambientada no Sudeste brasileiro do século XIX, Estio foi escrita sob profunda pesquisa e total entrega dos sentimentos.

Autora: Vauline Gonçalves

Disponível no Wattpad

Livro cedido em parceria com a autora

Triana é uma jovem sem muitas perspectivas. Desde o seu nascimento sempre fora rejeitada pelo pai, simplesmente por ter nascido mulher. Jesus sempre desprezou a filha, pois, além de não gerar lucros para sua fazenda, quando Triana se casasse, um dote deveria ser pago ao seu futuro marido. Seu único refúgio naquela casa era seu irmão gêmeo Breno, os dois são muito unidos e tem uma linda amizade.

Continuar lendo

Resenha – Pai Contra Mãe – Machado de Assis

Olá leitores! A resenha de hoje é do conto Pai Contra Mãe de Machado de Assis. Tive conhecimento deste conto ainda na faculdade, mas, recentemente fiz a releitura dele. É uma narrativa que descreve um período muito triste da história do nosso país que foi a escravidão.

Pai Contra Mãe.jpg

ISBN-10: 8525408921|Ano: 2001|Páginas: 30 Editora: Artes e Ofícios Compre: Amazon

Pai Contra Mãe foi publicado pela primeira vez no ano de 1906, poucos anos após a abolição da escravatura no Brasil e faz parte do livro Relíquias da Casa Velha.

O conto, narrado em terceira pessoa, traz a história de Cândido Neves, um homem que por não conseguir se fixar em nenhum emprego, torna-se um caçador de escravos fugitivos, uma atividade comum para a época. 

Continuar lendo

Resenha – Bela – Ket Strapazzon

BELA - ket strapazzon

ISBN: B01MQM4VMK
Ano: 2016
Editora: Amazon
Número de páginas: 155
Skoob: adicione

Bela é  uma jovem batalhadora que mora com com seu pai em um pequeno apartamento alugado. Com muita dificuldade ela tenta conciliar os vários empregos que consegue e os cuidados com o seu pai que está com a saúde bastante debilitada.

Certo dia, ao chegar em casa, ela encontra o pai com um visitante desconhecido e logo trata de descobrir o que aquele senhor procurava. Seu nome é Eugene Oliver e ele veio a mando do seu senhorio para cobrar uma dívida  do pai de Bela. 

Continuar lendo

Resenha – A Menina Que Não Sabia Ler – John Harding

“Com que facilidade deixamos de lado a perspectiva de um futuro desastre pelo prazer do presente!”

A_MENINA_QUE_NAO_SABIA_LER

ISBN-10: 8562936111
Título original: Florence and Giles
Ano: 2010
Páginas: 288
Editora: LeYa
Skoob: Adicione
Comprar: Amazon

Sinopse: 1891. Nova Inglaterra. Em uma distante e escura mansão, onde nada é o que parece, a pequena Florence é negligenciada pelo seu tutor e tio. Guardada como um brinquedo, a menina passa seus dias perambulando pelos corredores e inventando histórias que conta a si mesma, em uma rotina tediosa e desinteressante. Até que um dia Florence encontra a biblioteca proibida da mansão. E passa a devorar os livros em segredo. Mas existem mistérios naquela casa que jamais deveriam ser revelados. Quem eram seus pais? Por que Florence sonha sempre com uma misteriosa mulher ameaçando Giles, seu irmão caçula? O que esconde a Srta. Taylor? E por que o tio a proibiu de ler? Florence precisa reunir todas as pistas possíveis e encontrar respostas que ajudem a defender seu irmão e preservar sua paixão secreta pelos livros – únicos companheiros e confidentes – antes que alguém descubra quem ousou abrir as portas do mundo literário. Ou será que tudo isso não seria somente delírios de uma jovem com muita imaginação?

A menina que não sabia ler narra a historia de Florence e Giles, dois irmãos que moram em uma antiga propriedade chamada Blithe House. Eles são filhos de mães diferentes e quando ficaram órfãos, o tio passou a “cuidar” dos dois. Apesar de morar em Nova York, ele mantinha a casa com os empregados Sra. Grouse, Meg, Mary e John, com os quais Florence e Giles conviviam.

Continuar lendo

Resenha: Medieval- Contos de uma Era Fantástica

Medieval - contos de uma era fantastica

 ISBN: 978-85-8243-101-6 | Ano: 2016 | Editora: Draco | Páginas: 232 

Skoob: Adicione | Compre Aqui

A Idade Média é um período da história da Europa que se estende do século  V até o século XV e tem servido de inspiração para autores do mundo todo. No Brasil, a Editora Draco lançou uma coletânea de contos escritos por autores nacionais, em sua maioria ambientados na Europa do período medieval, dois na China e um no Japão Feudal.

Continuar lendo

Resenha – Morte e Vida Severina – João Cabral de Melo Neto

morte_e_vida_severina

Título: Morte e Vida Severina
Autor: João Cabral de Melo Neto
Ano: 2007
Editora: Alfaguara
Número de páginas: 168
Skoob: Adicione
Onde comprar: Amazon Saraiva Compare

Morte e Vida Severina – auto de natal pernambucano é um poema dramático escrito por João Cabral de Melo Neto que conta a história de Severino um retirante nordestino que segue o curso do rio Capibaribe para chegar até a cidade grande em busca de melhores condições de vida.

O título Morte e Vida Severina já evidencia uma inversão na ordem natural ocorrendo a prevalência da morte sobre a vida. Essa  morte severina: que é a morte de que se morre de velhice antes dos trinta, de emboscada antes dos vinte, de fome um pouco por dia.

Continuar lendo