Resenha- A Pátria de Chuteiras – Nelson Rodrigues

Oi gente, tudo bem com vocês? Nesse período de Copa do Mundo, muitas pessoas estão ligadas em tudo que está relacionado ao futebol. Eu, particularmente, não sou de acompanhar muito não. Assisto apenas aos jogos da Seleção Brasileira. Mas, há alguns meses eu baixei este livro gratuitamente na Amazon e achei que esse é o momento propício para trazer a resenha do livro A Pátria de Chuteiras, de Nelson Rodrigues. 

A_PATRIA_DE_CHUTEIRAS

 

ISBN-10: 8520933122
Ano: 2013
Páginas: 134
Editora: Nova Fronteira
Skoob: adicione
Comprar: Amazon

Sinopse: “Já descobrimos o Brasil e não todo o Brasil. Ainda há muito Brasil para descobrir. Não há de ser num relance, num vago e distraído olhar, que vamos sentir todo o Brasil. Este país é uma descoberta contínua e deslumbrante.” Nelson Rodrigues marcou um lugar indiscutível, revolucionário no teatro. No entanto, o Nelson cronista, o comentarista de futebol, não é menos importante. Nelson Rodrigues foi o escritor brasileiro que “leu”, “releu” nosso país pelo campo, pela bola, pelos craques. Ele viu e compreendeu, antes de todos, a grandiosidade da nossa pátria. Defendeu a nação com uma paixão pura. “Anunciou”, “promoveu”, “profetizou” a força do Brasil

Continuar lendo

Anúncios

Resenha- Vidas Secas – Graciliano Ramos

Oi gente! A resenha de hoje é sobre o livro Vidas Secas. Esse clássico da Literatura Brasileira, escrito por Graciliano Ramos.

vidas secas Graciliano RamosISBN-10: 8501067342
Ano: 2005
Páginas: 175
Editora: Record
Skoob: adicione
Comprar: Amazon

Sinopse: O que impulsiona os personagens é a seca, áspera e cruel, e paradoxalmente a ligação telúrica, afetiva, que expõe naqueles seres em retirada, à procura de meios de sobrevivência e um futuro. Apesar desse sentimento de transbordante solidariedade e compaixão com que a narrativa acompanha a miúda saga do vaqueiro Fabiano e sua gente, o autor contou: “Procurei auscultar a alma do ser rude e quase primitivo que mora na zona mais recuada do sertão… os meus personagens são quase selvagens… pesquisa que os escritores regionalistas não fazem e nem mesmo podem fazer …porque comumente não são familiares com o ambiente que descrevem…Fiz o livrinho sem paisagens, sem diálogos. E sem amor. A minha gente, quase muda, vive numa casa velha de fazenda. As pessoas adultas, preocupadas com o estômago, não tem tempo de abraçar-se. Até a cachorra [Baleia] é uma criatura decente, porque na vizinhança não existem galãs caninos”. VIDAS SECAS é o livro em que Graciliano, visto como antipoético e anti-sonhador por excelência, consegue atingir, com o rigor do texto que tanto prezava, um estado maior de poesia.

Continuar lendo

3 livros de Machado de Assis para ler no feriado

Olá, leitores!

Feriado é sempre bom pra gente colocar as leituras em dia, não é mesmo?! Ainda mais pra quem é blogueiro literário e trabalha fora. Esse tempinho extra nos proporciona uma grande alegria em poder ler alguns livros que estão na nossa TBR ou mesmo aquele calhamaço que você tem guardado esperando aquela ocasião propícia para poder fazer aquela leitura com tranquilidade.

quincas-borba

Continuar lendo

7 livros de Jorge Amado para ler em 2018

Tocaia Grande Jorge Amado

Oi gente, tudo bem com vocês? Hoje eu vou falar um pouco sobre os livros de Jorge Amado. Este autor baiano que ficou mundialmente famoso, pois teve suas obras traduzidas para diversos países. No Brasil, seus livros já foram adaptados para o cinema, teatro, séries e  diversas novelas televisivas. Além disso, alguns dos seus livros ganharam versões em Quadrinhos, as famosas HQ’s, conquistando assim, os leitores desse gênero textual.

Apesar de ser baiana, conheço pouco da obra desse grande autor, li apenas alguns livros dele quando estava na faculdade, sendo eles: Terras do Sem-fim, Gabriela, Cravo e Canela e  Dona Flor e Seus Dois Maridos e há pouco tempo, depois que criei este blog, eu li A Morte e a Morte de Quincas Berro D’água. Pensando nisso, eu resolvi indicar 7 livros de Jorge Amado para ler em 2018. Espero conseguir fazer todas estas leituras!

Continuar lendo

Resenha – O Alienista – Machado de Assis

Oi gente, tudo bem com vocês? Hoje, eu trago a resenha do conto  O Alienista, de Machado de Assis. Li este conto há algum tempo e decidi reler agora para fazer este post. Outra versão igualmente bela é a adaptação para HQ. Recomendo!

O Alienista - Machado de Assis

 

ISBN-10: 8508040830
Ano: 1996
Páginas: 80
Idioma: português
Editora: Ática
Comprar: Amazon

Sinopse: As crônicas de Itaguaí, contam que viveu ali em tempos remotos um certo médico o Dr. Simão Bacamarte, filho da nobreza do lugar e o maior dos médicos do Brasil, Portugal e Espanha. Com o fim de estudar a loucura, ele trancafia no asilo que construíra e dera o nome de Casa Verde, um quinto da população da vila. Para ele o normal seria algo homogêneo repetido ao infinito, qualquer pessoa com um gesto ou pensamento que fugisse a rotina era objeto de seus estudos. A população aterrorizada se revolta, e aí outros tantos passam a morar no asilo. Mas, Simão Bacamarte tão atento às estatísticas, lembra que a norma está sempre com a maioria, e que é esta afinal quem tem razão. Refaz a teoria, solta os recolhidos e sai ao encalço daqueles poucos que, possuíam coerência moral. Em pouco tempo ele cura a todos, ninguém mais possuía nobres sentimos morais. Só um.

Continuar lendo

Quotes: Quarto de Despejo – diário de uma favelada

No mês passado eu me propus a ler apenas livros escritos por mulheres. Infelizmente não deu pra terminar todos que eu escolhi, mas neste mês eu concluí algumas leituras e dentre elas está o livro escrito por Carolina Maria de Jesus, uma mulher negra, pobre e moradora de uma favela em São Paulo na década de 50, que escolheu a escrita para registrar o seu modo de viver. Em Quarto de Despejo – diário de uma favelada, Carolina Maria de Jesus relata toda a dificuldade vivenciada por ela para poder sustentar os três filhos. É um livro impactante e eu selecionei alguns quotes para vocês conhecerem um pouco desse diário.

quotes

 

Continuar lendo

Resenha – Histórias de Alexandre – Graciliano Ramos

Oi gente, tudo bem com vocês? Neste livro de contos, Graciliano Ramos irá nos apresentar a um interessante personagem que mora no sertão nordestino, adora receber os amigos em casa e lhes contar várias histórias e aventuras. Acompanhe a resenha e conheça as Histórias de Alexandre.

Histórias de AlexandreTítulo: Histórias de Alexandre
Autor: Graciliano Ramos
Editora: Record
Páginas: 108
Ano: 2012
Skoob: adicione
Onde comprar: Amazon

Alexandre é um velho, meio caçador e meio vaqueiro que vivia no interior do Nordeste e adorava contar histórias para passar o tempo. Cesária, sua mulher, curvada na almofada  fazia renda de bilros e apenas concordava com todas as histórias que ele contava. Os principais ouvintes das narrativas eram parentes como Das Dores e os vizinhos Seu Libório, o cego preto Firmino e mestre Gaudêncio.

Continuar lendo