Resenha- A Pátria de Chuteiras – Nelson Rodrigues

Oi gente, tudo bem com vocês? Nesse período de Copa do Mundo, muitas pessoas estão ligadas em tudo que está relacionado ao futebol. Eu, particularmente, não sou de acompanhar muito não. Assisto apenas aos jogos da Seleção Brasileira. Mas, há alguns meses eu baixei este livro gratuitamente na Amazon e achei que esse é o momento propício para trazer a resenha do livro A Pátria de Chuteiras, de Nelson Rodrigues. 

A_PATRIA_DE_CHUTEIRAS

 

ISBN-10: 8520933122
Ano: 2013
Páginas: 134
Editora: Nova Fronteira
Skoob: adicione
Comprar: Amazon

Sinopse: “Já descobrimos o Brasil e não todo o Brasil. Ainda há muito Brasil para descobrir. Não há de ser num relance, num vago e distraído olhar, que vamos sentir todo o Brasil. Este país é uma descoberta contínua e deslumbrante.” Nelson Rodrigues marcou um lugar indiscutível, revolucionário no teatro. No entanto, o Nelson cronista, o comentarista de futebol, não é menos importante. Nelson Rodrigues foi o escritor brasileiro que “leu”, “releu” nosso país pelo campo, pela bola, pelos craques. Ele viu e compreendeu, antes de todos, a grandiosidade da nossa pátria. Defendeu a nação com uma paixão pura. “Anunciou”, “promoveu”, “profetizou” a força do Brasil

Continuar lendo

Anúncios

Resenha- Vidas Secas – Graciliano Ramos

Oi gente! A resenha de hoje é sobre o livro Vidas Secas. Esse clássico da Literatura Brasileira, escrito por Graciliano Ramos.

vidas secas Graciliano RamosISBN-10: 8501067342
Ano: 2005
Páginas: 175
Editora: Record
Skoob: adicione
Comprar: Amazon

Sinopse: O que impulsiona os personagens é a seca, áspera e cruel, e paradoxalmente a ligação telúrica, afetiva, que expõe naqueles seres em retirada, à procura de meios de sobrevivência e um futuro. Apesar desse sentimento de transbordante solidariedade e compaixão com que a narrativa acompanha a miúda saga do vaqueiro Fabiano e sua gente, o autor contou: “Procurei auscultar a alma do ser rude e quase primitivo que mora na zona mais recuada do sertão… os meus personagens são quase selvagens… pesquisa que os escritores regionalistas não fazem e nem mesmo podem fazer …porque comumente não são familiares com o ambiente que descrevem…Fiz o livrinho sem paisagens, sem diálogos. E sem amor. A minha gente, quase muda, vive numa casa velha de fazenda. As pessoas adultas, preocupadas com o estômago, não tem tempo de abraçar-se. Até a cachorra [Baleia] é uma criatura decente, porque na vizinhança não existem galãs caninos”. VIDAS SECAS é o livro em que Graciliano, visto como antipoético e anti-sonhador por excelência, consegue atingir, com o rigor do texto que tanto prezava, um estado maior de poesia.

Continuar lendo

Resenha – O Alienista – Machado de Assis

Oi gente, tudo bem com vocês? Hoje, eu trago a resenha do conto  O Alienista, de Machado de Assis. Li este conto há algum tempo e decidi reler agora para fazer este post. Outra versão igualmente bela é a adaptação para HQ. Recomendo!

O Alienista - Machado de Assis

 

ISBN-10: 8508040830
Ano: 1996
Páginas: 80
Idioma: português
Editora: Ática
Comprar: Amazon

Sinopse: As crônicas de Itaguaí, contam que viveu ali em tempos remotos um certo médico o Dr. Simão Bacamarte, filho da nobreza do lugar e o maior dos médicos do Brasil, Portugal e Espanha. Com o fim de estudar a loucura, ele trancafia no asilo que construíra e dera o nome de Casa Verde, um quinto da população da vila. Para ele o normal seria algo homogêneo repetido ao infinito, qualquer pessoa com um gesto ou pensamento que fugisse a rotina era objeto de seus estudos. A população aterrorizada se revolta, e aí outros tantos passam a morar no asilo. Mas, Simão Bacamarte tão atento às estatísticas, lembra que a norma está sempre com a maioria, e que é esta afinal quem tem razão. Refaz a teoria, solta os recolhidos e sai ao encalço daqueles poucos que, possuíam coerência moral. Em pouco tempo ele cura a todos, ninguém mais possuía nobres sentimos morais. Só um.

Continuar lendo

Resenha – Escrita Maldita – Ben Oliveira

Oi gente, tudo bem com vocês? Hoje a resenha é de um livro nacional. Conheça um pouco de Escrita Maldita, do autor Ben Oliveira.

escrita maldita ben oliveira

Título: Escrita Maldita
Autor: Ben Oliveira
Editora: Independente
Skoob: adicione
Comprar: Amazon

Sinopse: Após se tornar um best-seller com seu romance de terror de estreia, Daniel Luckman está prestes a realizar um sonho: escrever um livro com Laurence Loud, um dos melhores escritores de horror dos últimos tempos. Quando o colega põe os pés em sua casa, coisas estranhas começam acontecer. A linha entre a ficção e a realidade, a loucura e a sanidade, os pesadelos e as alucinações se dissolvem. Uma história de mistérios, passados sombrios e amor. Quando dois escritores de terror se juntam para escrever uma história, tudo pode acontecer.
O processo de criação pode ser intenso, as emoções podem ficar confusas. Você estaria disposto a sacrificar tudo pelos seus sonhos? Leia Escrita Maldita, disponível na Amazon

Escrita Maldita narra a história de Daniel Luckman, um autor que viu seu primeiro livro “Lágrimas Negras” se tornar um verdadeiro sucesso de vendas, o que levou o escritor a receber um importante prêmio literário das mãos do seu ídolo, o consagrado autor de terror, Laurence Loud. Junto com o prêmio Daniel recebe da editora uma proposta tentadora que irá mudar a sua vida. Ele é convidado a escrever um livro de terror em parceria do seu autor favorito, Laurence Loud. Continuar lendo

Resenha – Uma Longa Viagem – Natalia Oliveira

resenha uma longa viagem

Título: Uma Longa Viagem
Autor:
Natalia Oliveira
Páginas: 36

Comprar: Amazon

Sinopse: Você já imaginou perder seus dois melhores amigos ao mesmo tempo?
Mari, Dani e Marcos se conhecem desde pequenos. Juntos, se tornaram um trio imbatível, até que um câncer tirou a vida de Marcos.
O luto e a culpa acabaram por distanciar Mari e Dani, este um internacionalmente famoso fotógrafo, conhecido como Dean Ferris. Dez anos depois de fugir dos seus sentimentos por Mari, Dani a convida  para um evento em sua homenagem.
E é quando ambos descobrem que sempre pertenceram um ao outro.
Embarque nesta longa viagem de descobertas, luto, dor, perdão, amor e descubra por que Mari e Dani, ou Marilyn e James Dean, nunca saem de moda.

Uma Longa Viagem narra a história de três amigos de infância: Dani, Mari e Marcos. Eles se conhecem desde a infância e no período da adolescência Mari inicia um namoro com Marcos. Em seguida, os dois se casam, porém, esse casamento dura apenas alguns meses, pois Marcos acaba morrendo em decorrência de um câncer.

Continuar lendo

Resenha do filme: Frida

filme-frida

Título: Frida
Gênero: Drama
Duração: 2h 00min
Direção: Julie Taymor
Ano de Lançamento: 2003

Frida (2002) narra a história de Frida Kahlo (Salma Hayek), uma das maiores pintoras dos últimos tempos. Ela nasceu no México no início do século XX e desde muito cedo precisou enfrentar grandes dificuldades em sua vida. Ainda na infância Frida teve poliomielite, o que a deixou com uma perna mais curta. Na adolescência sofreu um acidente de bonde e devido a esse acidente ficou muito tempo sem andar, passou por diversos médicos, fez inúmeros tratamentos e  cirurgias. 

Continuar lendo

Resenha – O Diário de Anne Frank

O_DIARIO_DE_ANNE_FRANK_

Título: O Diário de Anne Frank
Ano: 2007
Páginas: 378
Editora: Bestbolso
ISBN-10: 8577990001
Skoob: adicione
Onde comprar: Amazon

Sinopse: “12 de junho de 1942 – 1º de agosto de 1944. Ao longo deste período, a jovem Anne Frank escreveu em seu diário toda a tensão que a família Frank sofreu durante a II Guerra Mundial. Ao fim de muitos dias de silêncio e medo aterrorizante, eles foram descobertos pelos nazistas e deportados para campos de concentração. Anne inicialmente seguiu para Auschwitz, e mais tarde para Bergen-Belsen. A força da narrativa de Anne, com impressionantes relatos das atrocidades e horrores cometidos contra os judeus, faz deste livro um precioso documentos. Seu diário já foi traduzido para 67 línguas, e é um dos livros mais lidos do mundo. Ele destaca sentimentos, aflições e pequenas alegrias de uma vida incomum, a transformação da menina em mulher, o despertar do amor, a fé inabalável na religião, e revela a rara nobreza de um espírito amadurecido no sofrimento. Um retrato da menina por trás do mito.”

Continuar lendo